• Mais de 190 kg maconha skunk são apreendidos pela PRF no Maranhão

    Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou na sexta-feira (10), no município de Imperatriz, região Tocantina, uma abordagem a um caminhão trator Volvo/FH12 380 4X2T, branco, de placas da Bahia, atrelado a um semirreboque SR/FACCHIBI SRFCF, após verificar que a placa dianteira do cavalo estava em desacordo com a legislação de trânsito, sendo lavrado o respectivo auto de infração. O veículo era conduzido por um indivíduo de 36 anos.Após a abordagem, para verificação prévia da documentação foi realizada uma entrevista com o motorista do veículo, que informou ter pego o caminhão em Belém, não sabendo informar o nome da pessoa que lhe entregou o caminhão, que gerou suspeita para uma verificação detalhada na carga, que resumiu a dizer que se tratava de uma mudança de Belém para Goiânia.

    Durante a fiscalização da carga, a equipe da PRF localizou em caixas, substância entorpecente análoga a Skunk, no total de 180 tabletes, totalizando 192, 5 kg (cento e noventa e dois quilos e meio). Ao verificar o celular do autor, foi encontrada na capa um pacote de pó branco, análogo a cocaína, na quantidade aproximadamente 1g, o envolvido informou que comprou a droga, para seu consumo pessoal em um posto de combustível em Belém.

    Os 192, 5 kg de droga análoga a skunk foram apresentados diretamente na Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil de Imperatriz, ficando sob a cautela daquela delegacia. O condutor foi conduzido, juntamente com seus pertences pessoais  e 1g de cloridrato de cocaína física preservada, sendo necessário a utilização de algemas. A carreta ficou na Unidade Operacional da PRF à disposição da Polícia Civil de Imperatriz.

    Deixe uma resposta