• Empresário Alessandro Martins é conduzido à delegacia por ameaçar policiais em São Luís

    Na manhã desta quarta-feira (21), o empresário Alessandro Martins de Oliveira, foi conduzido à delegacia por ameaçar policiais durante um mandado de busca e apreensão.

    Policiais civis estiveram em sua residência, no bairro Jardim Renascença, e Alessandro teria ameaçado os agentes, o que fez com que ele tivesse que ser conduzido à delegacia para assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), e em seguida ser liberado.Segundo informações da polícia, o empresário é investigado por supostamente ter invadido um apartamento de Felipe Raoni Loiola de Carvalho, que teria comprado o imóvel das mãos dele. No dia da invasão, Alessandro teria discutido com Felipe, o que causou vários danos ao imóvel.Após o caso, a Polícia Civil abriu inquérito por invasão de domicílio, lesão corporal, difamação, perseguição, furto qualificado, dano qualificado, calúnia, extorsão e estelionato, que teriam sido cometidos por Alessandro em diversas ocasiões.

    O delegado Ney Anderson, que conduz as investigações, pediu a prisão preventiva de Alessandro, mas o pedido foi negado pelo juiz Rogério Pelegrini Tognon Rodon, da 1ª Central de Inquéritos e Custódia. Na decisão, o juiz apenas autorizou a busca e apreensão domiciliar e a quebra de sigilo telefônico para o andamento das investigações.

    Deixe uma resposta